andré.santana [webdesign blog]

Archive for the ‘SEO’ Category

desenvolvendo-web

Existe mais ou menos um consenso entre os profissionais sobre o que observar ao desenvolver um bom website. Este artigo procura reunir estes pontos, com base em uma livre interpretação de alguns protocolos e padrões da W3C.

Nosso foco está nos sites de objetivos comerciais, cada vez mais o destino de compradores e especificadores nas compras de produtos entre empresas.

Sabemos que o processo de compra pode começar de diversas formas (através de revistas técnicas, sites de buscas, portais verticais ou indicação de colegas), mas sempre o comprador acessa o website do fornecedor antes de decidir a compra. É nesta hora que a qualidade do website e das informações que oferece se tornam um fator primordial em apoio à decisão de compra.

Um bom website deve oferecer uma navegação fácil, intuitiva e rápida em função da informação que o comprador procura.

Definir objetivos claros

Antes de qualquer ação, é preciso saber o que se espera do site que será desenvolvido. Sites sem objetivos claros são confusos, dispersos e dificultam o usuário a atingir suas necessidades. Para desenvolver um novo website ou reformular um já existente é necessário responder as seguintes perguntas:

  • qual a finalidade do website?;
  • qual o público-alvo?;
  • para quê o público-alvo vai utilizar o website?;
  • quais os principais concorrentes da empresa?;
  • quais as palavras-chaves que são ou devem ser utilizadas para que compradores encontrem o website em mecanismos de buscas?

Com base nas respostas a essas perguntas é possível criar um roteiro para servir de guia durante a fase de desenvolvimento, assegurando que o mercado comprador seja atendido.

Orientar e conduzir o usuário

Durante a navegação o usuário pode se perder nas páginas. Para minimizar essa dispersão, o website deve sempre informar o usuário em que página ele se encontra, como chegou até ali e quais são suas opções de saída.

Isso pode ser feito através de algumas recomendações:

  • a página principal deve informar ao usuário onde ele está e o que o website oferece;
  • em todas as páginas oferecer um link de retorno para a página principal;
  • durante a navegação, as páginas devem informar ao usuário onde ele está, de que página veio e para aonde ele pode seguir;
  • é imprescindível existir um mapa do site para que o usuário possa se localizar em qualquer momento da navegação;

Com relação aos links:

  • devem ser auto-explicativos;
  • evitar o uso de expressões como “clique aqui”;
  • marcar como link o texto (nome da empresa, título da página, assunto etc.) e não o endereço URL;
  • apontar exatamente para o conteúdo descrito no link;
  • em caso de conteúdo fechado, para usuários registrados, indicar graficamente ao lado do link (ex.: ícone de cadeado ou chave);
  • se possuir lista de links úteis, inserir comentários sobre cada link disponível;

Usar o atributo ALT da HTML (HyperText Markup Language), com o significado das imagens para que o texto apareça enquanto estiver sendo feito o download da figura ou quando o usuário optar por suprimir figuras na configuração do seu navegador web.
Continue lendo »

wowen-using-laptop

Você conhece aquele velho chavão do mundo dos negócios: contra fatos, não há argumentos. E para você, absorto em estratégias de marketing digital, “fatos” significam números positivos, que justifiquem os investimentos em seu website. Nada mais justificável, portanto, que você reserve grande parte de suas energias e capacidade de trabalho para obter métricas realmente significativas para seu negócio, ou então preparar uma otimização de seu site para que ele sempre fique nas primeiras posições dos buscadores.

Mas, cuidado: às vezes você pode se esquecer do seu usuário, de tão ocupado que está em tornar seu website um eficaz gerador de negócios. O equilíbrio é importante nestes casos, e veja como conseguir isto com estas dicas:

Não coloque a otimização acima do marketing.

Claro que seu objetivo maior é levar a maior quantidade possível de pessoas até seu website, mas, por favor, certifique-se que a escolha das palavras chave e as estratégias de otimização não façam com que sua mensagem chegue ao usuário de forma confusa, desfocada ou difícil de compreender. Não faça com que pessoas que não tenham interesse no que você tem para oferecer acreditem que sua empresa as esteja fazendo perder tempo – elas ficam contrariadas e tendem a demonstrar essa contrariedade ao maior número possível de pessoas.
Continue lendo »

flash_logo

Freqüentemente vejo em fóruns e blogs, alguns debates sobre o uso indiscriminado do Flash em alguns projetos.

É indiscutível que o Flash proporciona efeitos visuais incríveis ao usuário. Buscando essa experiência incrível, muitos desenvolvedores abusam (meu ponto de vista) da utilização do Flash. Assim, buscam uma ótima experiência para o usuário em detrimento de bons resultados para o cliente.

Nesse artigo vou focar o que você deve pensar antes de usar o Flash, do ponto de vista de SEO (Search Engine Optimization).

Como já disse, o Flash tem efeitos visuais muitos bons, mas os mecanismos de busca não têm olhos! Embora alguns poucos crawlers possam “abrir” o arquivo Flash e ler os seus textos e links, a estrutura e contextos são perdidos. Além disso, algumas vezes os textos são armazenados como figuras.

Mesmo que o crawler consiga indexar o conteúdo de um arquivo Flash, sempre ocorrerá perda de algum conteúdo, texto ou link. Além disso, como já foi dito, poucos crawlers conseguem “abrir” os arquivos Flash.

Então o que fazer, quando você precisa utilizar o Flash?

A primeira coisa é garantir que os mecanismos de busca consigam visualizar (ler) exatamente o que os seus usuários conseguem visualizar (ver).

Continue lendo »

E-mail

Bem, depois desta charge, vamos ao que realmente interessa:

Preocupe-se com a apresentação da mensagem

Otimize o nome do remetente e assunto da mensagem. Geralmente, o nome do remetente é o que determina se o e-mail marketing será deletado. O assunto é o que motiva as pessoas a abrirem o e-mail. Já existem ferramentas de e-mail marketing que contemplam recursos para visualização de como o nome do remetente e o assunto serão exibidos em diversos provedores e programas de e-mail.

A apresentação da sua mensagem pode ser prejudicada por conta dos diversos provedores, portanto, evite o uso do CSS, Java Script e formulários. Trabalhe o formato da mensagem em uma área máxima de 450 pixels de largura e deixe a altura o menor possível para evitar barra de rolagem.

Simplifique a mensagem

Os profissionais tendem a enviar as mensagens sobrecarregadas de ofertas, provocando rejeição por parte dos destinatários. Simplifique o conteúdo. Concentre-se na mensagem principal, ela levará o destinatário ao objetivo da ação.

O topo da mensagem é visualizado primeiro, utilize-o para a identificação da empresa e para transmitir o objetivo da ação. Se a mensagem estiver clara e objetiva, será transmitida não apenas para os que costumam ler, mas também para os destinatários que visualizam rapidamente.

Não utilize apenas imagens. Deve haver um equilíbrio entre textos e imagens. Lembre-se de diferenciar as mídias offline e online. Cada uma requer sua própria abordagem.

Considere o hábito de visualização do destinatário

Seus clientes não interagem com o e-mail marketing da mesma forma que o fazem com a mídia impressa ou páginas da web. Diagrame a mensagem de forma que a informação fique pertinente com a ação.

Imagens podem ser bloqueadas em muitos programas de e-mail. Para que a mensagem principal não seja perdida, inclua sempre um texto alternativo nas imagens (Alt Tags). Não esqueça que alguns leitores de e-mail não aceitam Html, portanto, inclua sempre a versão texto (plain text).

Preocupe-se com a entrega

Lembre-se que antes de ser entregue na caixa postal dos destinatários, a mensagem é submetida a rigorosos filtros anti-spam. Existem diversos filtros e, dentre eles, há o filtro por palavras, que pontua o e-mail marketing de acordo com as palavras encontradas no texto, podendo classificá-lo como spam. Prefira ferramentas de e-mail marketing que contemplem o teste de spam. Assim, antes do envio, será possível fazer as alterações de texto necessárias, melhorar a pontuação do e-mail marketing e evitar que seja bloqueado por spam.

Respeite o seu destinatário

No processo do opt-in (permissão de recebimento de mensagens eletrônicas), ofereça sempre opções por assunto e frequência de recebimento de mensagens.

Nunca esqueça do double opt-in: envio de mensagem para confirmar e ativar a opção de recebimento. Deixe clara a sua política de privacidade.

Lembre-se que o destinatário lhe concedeu a permissão para comunicar-se com ele através do e-mail. Não abuse desse privilégio!

por: Walter Sabini Jr.


Seja Bem-Vindo!

@andrehsantana

julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

RSS Feeds Deliciosos

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Blog Stats

  • 242.811 hits