andré.santana [webdesign blog]

Archive for the ‘Programação’ Category

programando

Há muito tempo recebo mensagens de pessoas que querem dicas, seja para uma linguagem específica, seja para a área da programação. Infelizmente não posso dar dicas para todas as linguagens pois não as conheço para escrever sobre. Entretanto, algumas por serem genéricas, podem ser fornecidas e servem como base para toda a área e não somente para esta ou aquela linguagem. É disto que este artigo trata: dicas de como programar melhor. Vamos lá?

Aprenda com os outros

Existem programadores que não suportam imaginar sua “grande invenção” sendo copiada por outros. Para estes, é uma verdadeira heresia compartilhar o conhecimento e o código com outras pessoas. Infelizmente estes programadores estão, em sua maioria, fadados a fracassar pois vão viver inevitavelmente em uma ilha, isolados.O ser humano chegou em seu estágio de desenvolvimento porque compartilha seu conhecimento e descobertas. Isso acontece em todas as áreas, sejam exatas, humanas ou biológicas. Assim é um equívoco gigantesco pensar que a descoberta de uma nova estrela ou ainda de um novo remédio é um fato isolado e feito por uma pessoa. São dezenas de pessoas em dezenas de instituições diferentes que juntas fazem “o sucesso”.

A melhor forma de aprender é tomar exemplos daqueles que já fizeram. Não digo que a criatividade deve ser colocada fora da questão, pelo contrário. Bom é aquele que consegue ver algo e melhorá-lo, levando à excelência. Assim, obtenha código de terceiros e compreenda como o autor chegou em determinado resultado. Compare com o que você já sabe e peneire aquilo que é valioso para você. Muitas vezes a leitura de um código pode resultar na descoberta de uma solução totalmente diferente, e que cai como uma tábua de salvação no seu problema.

Lendo o código de outros programadores também aprende-se como NÃO FAZER (inclusive acredito que é por isso que muitos não divulgam o que fazem). Falta de identação, criação sistemática de variáveis, loops infinitos e todo o tipo de aberração pode ser encontrada em códigos mal feitos. Lendo estes códigos e comparando com aquilo que já conhece, certamente poderá identificar o que é utilizável e o que é “> /dev/null”.

Pense antes de fazer

O número de programadores que começa a fazer um software pelo código é tão grande quanto a quantidade de cimento usado para construir as torres Petronas na Malásia. Seja por falta de conhecimento, seja por desespero do cliente ou empregador ou ainda por ego, eles começam a fazer uma casa pelo telhado e não pelo alicerce. Aí meu amigo, a casa cai, literalmente.Os melhores softwares que conheço são aqueles onde o tempo “gasto” na sua idealização é muito maior que 70 do tempo total para finalizá-lo. Código, qualquer um faz, basta a leitura de um livro, dois tutoriais e um guia de referência à mão que ele sai. Agora, pensar como ele deve ser feito e como ele deve se comportar é algo que poucos fazem mas atitudes que separam o bom do mau software.

Pense no que a aplicação vai fazer. Execute testes de mesa, faça fluxogramas, pense nas tabelas do banco de dados. Considere as variáveis existentes e as não existentes e como a aplicação deve responder para cada uma delas. Imagine o que o usuário é capaz de fazer (cada coisa!) e como contornar as idéias mais mirabolantes possíveis. Levando tudo isso em consideração, seu software está sujeito a ter menos erros e não se tornar uma colcha de retalhos dentro em breve (como alguns sistemas que conhecemos).

Continue lendo »


Seja Bem-Vindo!

@andrehsantana

agosto 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

RSS Feeds Deliciosos

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Blog Stats

  • 239,797 hits