andré.santana [webdesign blog]

Flash – Utilize com Moderação

Posted on: 16 agosto, 2007

flash_logo

Freqüentemente vejo em fóruns e blogs, alguns debates sobre o uso indiscriminado do Flash em alguns projetos.

É indiscutível que o Flash proporciona efeitos visuais incríveis ao usuário. Buscando essa experiência incrível, muitos desenvolvedores abusam (meu ponto de vista) da utilização do Flash. Assim, buscam uma ótima experiência para o usuário em detrimento de bons resultados para o cliente.

Nesse artigo vou focar o que você deve pensar antes de usar o Flash, do ponto de vista de SEO (Search Engine Optimization).

Como já disse, o Flash tem efeitos visuais muitos bons, mas os mecanismos de busca não têm olhos! Embora alguns poucos crawlers possam “abrir” o arquivo Flash e ler os seus textos e links, a estrutura e contextos são perdidos. Além disso, algumas vezes os textos são armazenados como figuras.

Mesmo que o crawler consiga indexar o conteúdo de um arquivo Flash, sempre ocorrerá perda de algum conteúdo, texto ou link. Além disso, como já foi dito, poucos crawlers conseguem “abrir” os arquivos Flash.

Então o que fazer, quando você precisa utilizar o Flash?

A primeira coisa é garantir que os mecanismos de busca consigam visualizar (ler) exatamente o que os seus usuários conseguem visualizar (ver).

Algumas sugestões:

  1. Use Flash somente onde ele é necessário. Muitos sites enriquecem sua apresentação com Flash, mas mantém HTML para navegação e conteúdo. Isso quer dizer que você deve usar Flash para dar ênfase e enriquecer o seu conteúdo, mas não fazer do Flash o seu conteúdo.
  2. Pense em fazer um site que possa ser acessível por mecanismos de busca, deficientes visuais usando leitores de tela, usuários utilizando navegadores que não suportam Flash ou não têm o plugin instalado e os usuários que têm velocidade de conexão limitada à internet, como usuários de celulares e PDAs ou de cidades sem banda larga.
  3. Utilize técnicas como a sIFR. Essa técnica é utilizada quando o desenvolvedor deseja utilizar uma família de fonte que dificilmente está instalada no usuário do site. O texto a ser subsituído é escrito normalmente em HTML (o crawler lerá isso) e o Javascript subsitui a fonte desses texto pela fonte do arquivo Flash (o usuário verá isso).
  4. Crie versões sem Flash. É muito comum utilizar Flash para fazer apresentações de introdução ao site. Mantenha um link HTML para pular essa introdução, de forma que o usuário consiga acessar o conteúdo principal independente do Flash.

Percebam que não há aqui nenhum radicalismo da contra-indicação da utilização do Flash. É importante que isso fique claro.

Penso que a “regra” de não utilizar Flash para “tudo”, assim como outras regras, podem ser descumpridas, desde que você saiba as conseqüências da quebra da regra e como eliminar ou minimizar os impactos dessas conseqüências.

Então, caso você precise ou decida fazer um site baseado em Flash, pondere sobre como fazer para trazer uma ótima experiência ao usuário e bons resultados para o seu cliente.

Até!

por Thiago Ferreira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seja Bem-Vindo!

@andrehsantana

agosto 2007
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

RSS Feeds Deliciosos

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Flickr!

Cell

Dia do Design

Geometric

Logotipo Pé do Palco // 02

Logotipo Pé do Palco // 01

Mais fotos

Blog Stats

  • 235,108 hits
%d blogueiros gostam disto: