andré.santana [webdesign blog]

Archive for junho 2007

Portfolio

Adaptar o conteúdo e ofertas de acordo com as preferências de cada cliente é uma forma das empresas compreenderem e melhor se relacionarem com seu público-alvo.

A personalização diminui o tempo levado para encontrar e desenvolver produtos e proporciona conveniência e agilidade no processo de aquisição de produtos e/ou serviços de uma empresa. Com base nos dados históricos de um cliente, é possível identificar suas preferências. A construção de um perfil aumenta a probabilidade nas vendas.

A demanda atual do consumidor, unida a gama de serviços e produtos oferecidos pelas companhias e o aumento na disputa pela vantagem competitiva despertaram a necessidade da segmentação no quesito comunicação com o cliente. Diferenciar e personalizar são condições básicas para maior destaque no mercado.

O rastreamento da navegação de seu público em seu site permite a identificação de suas áreas e temas mais freqüentados. A construção de um perfil pode ser realizada a partir de variadas informações: produtos adquiridos, áreas favoritas, mais visitadas, temas de interesse, perfis sócio-demográficos, entre outros, além da avaliação e comentários de outros usuários comuns, criando um senso de comunidade virtual.

Esses métodos podem ser usados em sites de conteúdo, lojas virtuais, e-mail marketing, newsletters e toda e qualquer comunicação on-line entre a empresa e seus clientes, prospects, suspects e parceiros.

Dados de mercado comprovam a eficiência do e-mail marketing na geração de resultados. No ano passado foram investidos nos EUA US$ 2,1 milhões em comunicação com clientes por e-mail, segundo calcula a Jupiter Research em seu último informativo. E os investimentos em e-mail marketing nos Estados Unidos vão quase triplicar até o ano de 2008, alcançando US$ 6 bilhões.

Essa ferramenta permite o desenvolvimento de diversas formas para personalização da mensagem. Por meio de uma base de dados enriquecida, qualificada e trabalhada previamente, com informações que permitem a criação de clusters (listas com perfis segmentados), é possível enviar mensagens direcionadas e personalizadas.

As companhias podem cruzar dados (idade, sexo, empresa) de acordo com suas estratégias de segmentação de produto e/ou serviço e atender às expectativas do público-alvo.

Mídias off line geram altos custos de produção e veiculação. A Web é o meio de comunicação mais utilizado pela geração atual, que forma um grande potencial de consumo.

A internet tornou-se um ambiente ideal para personalização, pois facilita o rastreamento e avaliação de hábitos. A integração das ferramentas Web com o bom senso aplicado aos meios automatizados qualitativos existentes no mercado permite assertividade nas relações das organizações com seus clientes.

Definir sua mensagem chave é o ponto principal. Repassá-la ao seu público é fundamental e direcionar sua comunicação de forma a torná-la receptiva é imprescindível. Insira, sustente e fidelize sua imagem.

por Karen Vedoveli

^^

Aos amantes da cor laranja…

Divirtam-se!

wallpaper_orange_1024px

1024 x 768 px

wallpaper_orange_1280px

1280 x 1024 px

fonte: WallpaperStock

por André Santana

Salve salve, fiéis leitores, como estão? Espero que muito bem! ^^

Segue pra vocês um fantástico wallpaper, espero que gostem.

Divirtam-se!

wall_dark_earth_1024

1024 x 768 pixel

wall_dark_earth_1280

1280 x 1024 pixel

fonte: WallpaperStock 

por André Santana

trabalhando_na_praia

Já é uma realidade. Trabalhar em casa não é mais visão futurista de Domenico di Masi. E sem dúvida a Internet facilitou esse grande sonho: trabalhar e ganhar dinheiro sem sair de casa.

Comecei a trabalhar em webdesign na adolescência. Pra você ver, nem sabia o que era webdesigner. Pra mim, todo mundo que fazia site era um Sysop, como os donos de BBS (os mais velhos irão lembrar disso ), depois veio o termo webmaster e só tempos depois, Webdesigner.

Mas comecei trabalhando em casa, como qualquer adolescente. Depois resolvi montar um escritório onde só tinha eu de funcionário. Ué, então pra quê um escritório? somente para a minha família perceber que aquele moleque que estava ali no computador não estava jogando Flight Simulator o tempo todo. Ele estava trabalhando e ganhando dinheiro, sem camisa, dentro do seu quarto.

Com o passar dos meses ( é, ia escrever “anos” mas na Internet tudo corre mais rápido ) a empresa cresceu muito, tive funcionários e estava vendo se concretizar aquele sonho de ter uma empresa, ser executivo, ficar viajando a trabalho… é, mas tudo isso tem um preço.

Quem é empresário sabe muito bem como é difícil ter uma empresa. Além dos impostos absurdos, gerenciar uma empresa não é pra qualquer um. Os executivos, coitados, passam o dia com aquela coleira ( mais conhecida como gravata ) e paletó, mesmo fazendo calor de 35 graus, levando bronca do chefe, sendo cobrado a toda hora, trabalhando de segunda a segunda, sem parar. Sem viver.

“É preciso saber viver”, como Roberto Carlos já dizia. Comecei a ver que largar minha juventude, minha família, até mesmo meus estudos por causa do trabalho e da ganância de ganhar dinheiro e status, seria deixar de viver. Estava tendo qualidade de vida zero. Comecei a pensar “nossa, como era bom os tempos que trabalhava em casa. Era feliz e não sabia”. Nada mais precioso que o valor do tempo. O tempo não volta. E não tem dinheiro nenhum que pague isso.

Foi o que fiz. Onze anos se passaram. Hoje trabalhar em casa já é algo comum. A troca do “status” de ter um escritório num bairro nobre por trabalhar em casa pra mim foi uma vantagem tremenda. As primeiras vantagens, que todo mundo se encanta inicialmente é: poder planejar sua vida, fazer uma academia, viajar no dia que quiser, tirar férias quando quiser e até mesmo ir a praia durante a semana. Sem falar que não se corre o risco de levar bronca de chefe.

Agora é necessário muita responsabilidade e disciplina. Disse “viajar a hora que quiser” mas não disse “viajar todo dia”. Disse “tirar férias quando quiser” mas não disse “tirar férias todo mês”. Nem disse “ir a praia todos os dias da semana.”

Trabalhar em casa tem suas conseqüências. Se você for casado então… prepare-se para as broncas da esposa quando você quiser trabalhar até mais tarde. E a geladeira? Trata-se de um dos efeitos colaterais mais pertinentes, engorda-se 10kg fácil-fácil.

A cama chama você o tempo todo. O divertimento também. Afinal ninguém está vendo você trabalhar. Se você não amar o que faz, fica complicado trabalhar em casa diante de tantos dispersores.

Engana-se quem acha que trabalhar em casa se trabalha menos. Eu gosto tanto do que faço que trabalho muito mais do que se trabalhasse num escritório. Acordo as 9 da manhã e vou direto para a cadeira em frente ao computador, com os cabelos todos arrepiados, checar meus emails e ver como vai ser meu dia. Só vou parar por volta das 3 da manhã. Alguns clientes se impressionam, eu respondendo emails 3 da manhã. Mas vamos às contas: se eu não tenho que me deslocar para trabalhar, economizo umas duas horas de trânsito. Economizo o tempo de se arrumar também. Logo durmo de 6 a 7 horas por dia, o que pra mim é uma maravilha. E se bobear ainda posso tirar uma soneca de 30 minutos depois do almoço. ;)

Você acredita que às vezes ainda me aparece um amigo perguntando “Porquê você não abre um escritório?” e eu respondo: “Pra quê? Se não tenho funcionário, não recebo cliente, se todos estão aqui na Internet, pra quê vou abrir um escritório e gastar com luz, água, aluguel, condomínio, gasolina e tempo?”.

Pois então, trabalhar em casa é muito bom. Mas acho que não é pra todo mundo. Tem que aceitar os prós e contras, como tudo nessa vida. Mas tenho certeza de que muitos engravatados queriam estar no meu lugar.

Para o alto e avante!

por Bruno Ávila

Fala galera, tudo bem com vocês? =)

Postando bem rapidinho aqui pra vocês, um lindo wallpaper! ^^

Enjoy!

wallpaper - town bridge_1024

1024 x 768 pixels

Divirtam-se!

por André Santana

Thiago, 17 anos, pré-vestibulando classe média, vive em uma grande metrópole. Chega em casa, liga o computador, baixa e-mails, abre o MSN e acessa o Orkut. Coloca a TV na MTV, mas nem assiste, apenas ouve. Continua teclando e falando com pelo menos cinco pessoas ao mesmo tempo. Entra em seu blog e começa a descrever o que lhe vem à cabeça e que poderá ser lido apenas pelo “o mundo”. Em seu e-mail, recebe uma indicação de um amigo para baixar algumas músicas no I-Tunes e, com apenas alguns cliques, baixa, paga e sai ouvindo em seu MP3. Ufa! Tudo isto, em no máximo, 20 minutos.

Bom, caro empresário, este talvez não seja o seu consumidor de hoje, mas será o de amanhã. Daqui alguns anos, Thiago estará no mercado de trabalho e pode se tornar o novo cliente, consumidor ou até principal concorrente. E o que você e sua empresa estão fazendo neste momento para atender, ou melhor, superar as expectativas deste futuro consumidor? A resposta não é tão simples, por isso algumas dicas poderão ajudar a sua empresa a planejar com mais eficácia suas ações de comunicação na era dos internautas.

Antes de qualquer coisa, é preciso entender o comportamento de compra de seu cliente no mundo on-line, seja ele pessoa física ou jurídica. É também necessário planejar de que forma ocorrerá o relacionamento com seu cliente, se será via e-mails, blogs, newsletter eletrônicos, catálogos on-line… Este plano deverá levar em conta seus objetivos empresariais. Crie um posicionamento forte e atual para sua marca. Em outras palavras, defina a “alma” da sua marca que possa ser lembrada em poucas palavras. Lembre-se este novo consumidor é rápido e dinâmico. Crie ainda um discurso, de dez segundos, que reforce seu posicionamento e fortaleça sua imagem perante seu público. Ele deverá ser usado por toda equipe. Esse texto deve estar também em todas as suas comunicações tanto, as on-line quanto as off-line.

Em toda sua comunicação, mas principalmente, a on-line estimule o seu consumidor seja pessoa física ou jurídica a interagir com você. Peça para entrar em contato, emitir sugestões, reclamações, fazer um pedido e solicitar a visita de um representante. Mas o mais importante esteja preparado para responder rapidamente e evite a todo custo emitir uma resposta padrão e automatizada, do tipo: “seu contato é muito importante para nós…”

Comece analisar com mais atenção os canais de comunicação não-convencionais. Se você tiver pleno conhecimento de como seu público interage com a sua empresa, poderá utilizar meios que proporcionarão resultados com melhor custo/benefício do que os meios convencionais.

Aprenda a vasculhar pela Internet, principalmente aquilo que muitas vezes você considera “lixo virtual” no mundo empresarial, tais como Orkuts e blogs. Muitas informações contidas nessas páginas podem ser úteis ou prejudicais para o seu negócio. Muitas empresas já possuem seus blogs e controlam de perto todas as informações que circulam pela Internet. Monitore.

Ouça, ouça, preste atenção e procure compreender o que os jovens estão dizendo e fazendo. Não ache que é perda tempo. Você querendo ou não esta é a era de internautas, que cresce criando novos padrões de comportamento e consumo. E que ditarão a forma como as empresas deverão ser relacionar com seu público daqui a poucos anos.

Analise suas experiências pessoais na WEB. A mais relevante leve para o trabalho. Todos nós já vivenciamos algum tipo de situação no mundo virtual que pode influenciar como a empresa deverá se comportar daqui para frente.

E por último e não menos importante, sempre que possível esteja onde seu público está. Se o seu público é jovem com grande probabilidade não está mais assistindo TV à tarde, está na frente do computador ou vídeo game. Ou ainda se seus concorrentes para facilitar a decisão de consumo de um comprador estão disponibilizando sites com comércio eletrônico e cotação on-line e sua empresa ainda faz cotação somente via telefone está mais do que na hora de mudar isto, não acha?

por Alessandro Basile

Olá pessoal, muito bom dia, boa noite, boa madrugada…hehehe:P

Enfim, estou postando este vídeo para inaugurar a nova seção do blog: Acessibilidade.

Divirtam-se!

surrupiado de Areta do Bem Mattos

por André Santana


Seja Bem-Vindo!

@andrehsantana

junho 2007
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

RSS Feeds Deliciosos

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Flickr!

Cell

Dia do Design

Geometric

Logotipo Pé do Palco // 02

Logotipo Pé do Palco // 01

Mais fotos

Blog Stats

  • 239,086 hits